terça-feira, 9 de novembro de 2010

Perpectivas















Basta subirmos em um prédio, para as ruas em que deambulámos inúmeras vezes, adquirirem um outro aspeto, uma outra configuração na nossa realidade.

O mesmo se passa na nossa vida.

Infelizmente só depois de certos acontecimentos e vivências, adquirimos a melhor perpectiva do que nos rodeia, do que temos, do que a vida nos dá e do que podemos dar à vida.

É bom aprendermos a ver a nossa vida à distância, não dentro da mesquinhez das "felicidades" do mundo moderno, mas numa perpectiva da beleza que nos rodeia, do amor que temos para dar, do amor que recebemos, das felicidades que partilhámos e das felicidades que nem nos dámos conta que temos.

Esforcem-se por ter esta perpectiva, e concerteza serão mais felizes.

António Lima

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Pois é, as vezes as pequenas coisas que nos deveriam dar alegria, passam completamente despercebidas... mas, eu me dou conta da felicidade que tenho por ter a presença de pessoas maravilhosas em minha vida, assim como a sua, Margarido querido!
    Lindo texto!

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Hummmmmmmmmmm!!!
    Tá mesmo muito poeta genteee
    eita que Orgulho que tenho deste bestii
    aprendeu comigo direitinho.rssssssss

    beijosss

    ResponderEliminar